quarta-feira, 15 de maio de 2013

RECADO URGENTE

Amoreeees eu não vou mais usar este blog!!!!!! Eu fiz outro, não sei porque mais enjoei desse, e não vou continuar a IB nova "Love Me", PORÉM ESTOU FAZENDO OUTRA chamada "You Want Me" neste blog http://imaginebelieberjustinhot.blogspot.com.br/ ainda não postei o primeiro capítulo SÓ IREI POSTAR SE TIVER PELO MENOS 2 SEGUIDORES! Não fiquem bravas comigo, estou fazendo outro lá no blog c; E É HOT TAMBÉM C:


ENTÃO.. SIGAM LÁ POR FAVOR, PARA EU PODER POSTAR O PRIMEIRO CAPÍTULO!!!!

Beijos <3

http://imaginebelieberjustinhot.blogspot.com.br/
http://imaginebelieberjustinhot.blogspot.com.br/
http://imaginebelieberjustinhot.blogspot.com.br/
http://imaginebelieberjustinhot.blogspot.com.br/
http://imaginebelieberjustinhot.blogspot.com.br/

domingo, 14 de abril de 2013

Love me - Parte 3



Sinal toca**

Cait: Temos que ir para a sala de aula, vem comigo. -disse me puxando, para levantar-


[...]



Ela me levou até a sala de aula. Escolhi uma carteira no meio, não gostava de sentar muito na frente, nem no fundo. Cait sentou em uma carteira que estava vazia, ao meu lado, e um menino bonitinho, passou ao lado dela, e a deu um selinho, provavelmente, seria seu namorado. O professor entrou na sala, colocou seus cadernos sobre a mesa, e encarou a classe.

Professor: Bom dia alunos! 

Alunos: Bom dia.

Professor: Como todos os anos, iremos decidir as duplas que ficarão, nas casas da Universidade Sherbrooke.

Eu: Eu não sabia disso. -sussurrei para Cait-

Cait: As casas é só para nossa classe. -sussurrou de volta-

Eu: Aaah, enten... -fui interrompida pelo professor-

Professor: (seu nome) (seu sobrenome), onde está?

Eu: Aqui professor. -levantei a mão-

Professor: Hum... Deixe-me ver -disse analisando o papel- Sua dupla será com  Justin Drew Bieber. Justin? Levante a mão por favor para a (seu nome) ver você.

Justin: Tô aqui fessor. -levantou a mão-

Olhei para trás, e era aquele garoto que tinha passado com duas meninas no pátio, uma ele beijou, e a outra ele apertou a bunda, e piscou pra mim. Ai Deus..

Professor: Sn Seu Sobrenome, venha aqui na frente se apresentar por favor.

Eu: Ah não.. -falei baixo, e me levantei-


Cait: Vai lá amiga! -sussurrou-

Me levantei e fiquei lá na frente.


Professor: Pode começar.

Eu: Bom.. Meu nome é Sn, tenho 18 anos, sou brasileira e... -fui interrompida-

Meninos da sala: Brasileira? o.O

Eu: Sim

Meninos da sala: Hmm delícia 

Eu: -corei-

Professor: Deixem ela terminar de falar, por favor.

Eu: É.. já acabei.. era só isso mesmo -sorri-

Professor: Obrigado (seu nome), pode voltar para a sua carteira por favor.

Voltei para a minha carteira e o professor foi falando as duplas que ficariam juntas na casa, e falando para os novatos, que eram poucos, irem se apresentar, como eu fiz, lá na frente. Cait ficou com aquele menino, que eu acho que é seu namorado, ou ficante.. af, sei lá.

Professor: Bom, para o alunos novatos E para os veteranos também, novatos, este aviso está sendo dado para os veteranos, porque, é só na Faculdade que os alunos ficam nas casas da Universidade, ou seja, é só quem está aqui nesta classe que terá as casas da Universidade, e não pensem que é uma casa grande, é uma mini casa, o suficiente para vocês -sorriu- Vamos até onde as casas ficam. 

Saímos da sala, andamos por vários corredores, até chegar onde ficava as mini casas, era como se fosse um condomínio de casas mesmo. O portão se destravou, o professor abriu, e entramos na área, as mini casas eram lindas! 

Professor: Os homens da Universidade já estão trazendo as malas de todos vocês, as mini casas possuem 2 quartos contendo cama de casal nos dois, 1 banheiro, 1 cozinha 1 sala de estar e 1 sala de jantar. Caso queiram ir para a casa de seus amigos, podem ir livremente, e sair da universidade também.. não pensem que ficarão como prisioneiros não. -riu-


Assentimos, e logo os homens chegaram com as malas de todos, percebi que nessa Universidade, esses homens são em muitos, para ajudarem em qualquer coisa. Cada homem encaminhou a dupla para sua mini casa, a chave estava na porta dela, o homem colocou as malas no chão e abriu aporta, logo voltou e pegou as malas, colocando-as na sala. 


Homem da Univ.: Pronto, a mala de vocês já estão aqui, agora é só organizarem. - saiu-

Eu: Com qual quarto vai ficar Justin??


Justin: No segundo

Eu: Tá. -peguei minhas malas e levei para o primeiro quarto-

Coloquei minhas malas na cama, abri o guarda roupa, e comecei a organizar minhas roupas. [..] Fechei as malas vazias, e as guardei em cima do  guarda roupa. 

Eu: Puf, vou tomar um banho -falei sozinha-


Justin P.O.V's

Passei em frente do quarto da (seu nome), e ouvi ela falar sozinha, entrei por curiosidade mesmo.

Eu: Tá falando sozinha??

Sn: Tô, por que?

Eu: Nada, é que não é normal uma pessoa falar sozinha.

Sn: Sempre soube que eu era anormal mesmo ¬¬.

Eu: -ri-

Sn: Vou tomar banho, da licença pra mim passar? (o banheiro era em frente o seu quarto)

Eu: Tá -saí do quarto dela e fui para o meu -

Guardei minhas roupas no guarda roupa e deitei na minha cama, mandei uma mensagem pra minha mãe, falando que eu tava bem, saí do meu quarto para ver TV na sala, e me deparei com a (seu nome) saindo do banheiro enrolada na toalha, olhei ela de cima a baixo e mordi os lábios. [GIF]

Você P.O.V's


Terminei meu banho, me enrolei na toalha, escovei meus dentes, e  saí do banheiro, vi Justin parado no corredor, mordendo os lábios, corei.

Eu: É..é.. vou ir pro meu quarto -entrei e fechei a porta-

Justin: Wow.. -ouvi ele dizer por trás da porta-

Ri pelo nariz e coloquei uma roupa, como sempre um moletom que tampasse minha bunda rs, e uma calça jeans. Peguei minha bolsa, meu iPhone, liguei para a minha mãe.


Ligação on

Mãe: Alô?
Eu: Oi mãe!
Mãe: Ooooi filha! Tudo bem??
Eu: Tô bem sim, e vocês?
Mãe: Bem graças a Deus, seria melhor com você aqui
Eu: Own *-*
Mãe: E aí, como está sendo na Universidade?
Eu: Legal, a gente tem que ficar numa mini casa, que é super fofa *u*
Mãe: Mas você está sozinha nessa casa?
Eu: Não né mãe -ri- Estou com um menino, chamado Justin
Mãe: Aaah, JUÍZO héim?? -riu- Não quero netinhos agora.
Eu: Putz mãe, cheguei hoje aqui e já tá pensando em netos?
Mãe: Os adolescentes de hoje em dia.. Nunca se sabe né
Eu: -ri- Ai meu Deus.. Mãe, vou desligar, vou ir para a casa da Cait 
Mãe: Já fez amizade?
Eu: Sim, ela é super fofa *-*
Mãe: Rs, tá bom então, beijos.
Eu: Beijos. -desliguei-

Ligação off


Fiz um rabo de cavalo no meu cabelo, e saí do quarto, indo em direção a cozinha, abri a geladeira, tomei água, e me sentei no sofá ao lado do Justin.

Eu: Não vamos ter aula hoje?

Justin: Não -disse vidrado no jogo-

Eu: Nossa, que vício héim -peguei o controle e mudei de canal-

Justin: Porra, por que mudou?

Eu: Por que eu quis

Justin: -bufou- 

Eu: Estressado -me levantei e fui pra cozinha fazer alguma coisa pra eu comer-

[..] Coloquei o espagueti na mesa, e a coca-cola também. 

Eu: Justin, a comida tá na mesa

Justin: Tá.

Me sentei na cadeira, estava colocando minha comida no prato e vi Justin se aproximando da mesa.

Justin: Hum, o cheiro tá bom 

Eu: -sorri e comecei a comer-

O Justin fez o mesmo, e ficou me olhando.

Eu: Que é?

Justin: Nada, é que eu nunca tinha visto uma brasileira de perto

Eu: Aah, mais não precisa ficar me encarando, eu não gosto

Justin: Bom saber que você não gosta, agora vou ficar te encarando -sorriu-

Eu: Eu mereço! -me levantei para colocar o prato na pia-

Justin: Percebi que você só usa moletons grandes né..

Eu: Sim, percebi que você repara muito né..

Justin: -riu pelo nariz- Podia deixar sua bunda a mostra né -sorriu maliciosamente-

Eu: -ri- Não, obrigada, mas não gosto -sorri- Não sabia que canadenses eram tão tarados!

Justin: Não viu nada ainda. -riu e saiu pra sala-

Lavei a louça, fui para o meu quarto, peguei meu macbook, e sentei na cama. Entrei no Skype, e vi a Sophia online, liguei a cam com ela, e ficamos conversando, e rindo.



Justin P.O.V's

Ouvi umas risadas do quarto da (seu nome), e como eu sou curioso, fui ver o que ela tava fazendo.. Entrei, e ela me olhou.

Sn: Vem cá Justin, a Sophia que te ver

Sentei do lado dela, e vi uma menina, na cam. A Sn começou a falar uma língua, que eu não entendia porra nenhuma.

Eu: Que língua você tá falando? -perguntei incrédulo-

Sn: Português -riu-

Você P.O.V's


Eu começei a falar em português sobre o Justin para a Sophia, com ele do meu lado.. Puf, ele não ia entender nada mesmo, hehehe.

Eu: Ele é muito gostoso né So? -olhei pra ele-

Sophia: Demais, que delícia héim (seu nome), pega ele amiga -riu-

Eu: Vou pensar -ri- Acho que mereço uma gostosura dessas né?

Sophia: Mereçe mesmo -riu-

Eu: Mais eu acho que prefere as líderes de torcida.

Sophia: Com uma brasileira ai, e ele vai preferir essas magrelas??

Eu: Vai saber 

Justin: (seu nomeeeee) Que porra você tá falando?

Eu: -ri- Portuguêêês!!!!

Justin: Por que você tá falando em português??

Eu: Por que eu quero

Justin: Aham, sei..

Eu: Tá.. A gente tá falando de você

Justin: Huuum, e o que vocês tão falando de mim??

Eu: Que você é legal -menti-

Justin: Que eu sou legal é? -disse se aproximando de mim-

Sophia: Eeeita (seu nome) -riu-

Eu: Para Justin -tentei empurrar ele o que foi em vão-

Ele chegou mais perto, e me deu um selinho.

Justin: Não vai me falar? -riu- Vou dar outro u.u

Eu: Não! u.u

Justin: -me deu outro selinho-

Ah, vai eu tava gostando, hehehe.

Sophia: Acho melhor eu desligar a cam -riu e desligou-

Eu: Tá, tá, chega, eu tava falando que você é gostoso -ri-

Justin: Aé.. Vou te mostrar o gostoso -ficou em cima de mim-




[..]
Continua??

Comeeeentem por favooor :c



sexta-feira, 12 de abril de 2013

Love me - Parte 2



"Última chamada, vôo número ***, com destino ao Canadá, irá partir, última chamada, vôo número *** com destino ao Canadá, irá partir."


Eu: Bom.. -disse abraçando-a novamente- Agora eu tenho que ir, de verdade. -escorreu uma lágrima-

Sophia: Vá com Deus amiga. Eu te amo muito muito muito, sempre vamos nos falar, sempre! -sorriu e desfez o abraço-

Eu: Tchau mãe, tchau pai. -Dei um abraço nos dois- Eu amo vocês, demais! Sempre vou me comunicar com vocês também -sorri-

Mãe&Pai: Tchau filha, vá com Deus. Esperaremos seus contatos.

Eu: É... Tchau pra vocês -sorri e me virei, indo em direção ao avião-

Lágrimas deslizavam pelo meu rosto. Fui de cabeça baixa, até chegar na escada do avião. Parei no meio dela, me virei, e acenei para eles, que retribuíram o ato. Em seguida, entrei no avião e fui em direção ao meu acento.


Mãe P.O.V's


Era doloroso, ver minha filha partir, sei que foi decisão minha e do meu marido, mas, é sempre triste ver um filho ir embora, ainda mais para outro país, lugares diferentes, pessoas diferentes.

Pai: Amor, vamos?

Eu: É, acho melhor.

Sophia: Tio, você pode me levar para casa?

Pai: Claro Sophia!

Entramos no carro. Deixamos a Sophia em casa, e fomos almoçar em um restaurante.

Pai: Te trouxe aqui para esfriarmos a cabeça. Não quero que a gente fique triste pra sempre. Temos que ter a nossa vida também. A Sn, já tem 18 anos, tem que ter a vida dela. -me deu um selinho-

Eu: -sorri- Você é o melhor marido do mundo sabia? -acariciei o rosto dele-

Pai: -sorriu- E você é a melhor esposa do mundo.

Você P.O.V's

Horas depois...

Atenção passageiros, o avião já pousou, retirem-se do avião por favor, repito, atenção passageiros, o avião já pousou, retirem-se do avião por favor.

Acordei com a aeromoça dando o aviso. Tirei meus fones de ouvido, guardei meu iPhone, ajeitei meu cabelo e minha roupa, e me retirei do avião.

Eu: Finalmente, Canadá! -levantei os braços para cima, e respirei fundo-

XxX: Aqui está suas malas Senhorita. -disse um homem, colocando minhas malas ao meu lado-

Eu: Obrigada -já falando em inglês-

Ele assentiu, e foi embora. Peguei minhas malas com um pouco de dificuldade. E fui a procura de um Táxi, para me levar até a universidade, que eu iria estudar.

Para minha alegria, achei um Táxi "dando sopa", o chamei, e disse o meu destino. Ele parou em frente a universidade, que era como se fosse uma cidade. Era linda!

XxX: Deu 25 dólares o trajeto, Senhorita.

Peguei o dinheiro, entreguei a ele. Ele me ajudou a levar minhas malas até a entrada da universidade. Parei em frente, e vi o nome escrito em letras enormes, em frente a universidade.


Universidade Sherbrooke


Logo chegou um homem da universidade, para me ajudar a levar minhas malas até lá dentro. Havia várias pessoas novas chegando, pelo que eu via, vários homens da universidade, ajudando os novatos com as malas.

Homem da Universidade: Moça, você tem que escolher um armário para guardar suas malas enquanto não decidirem as casas que os alunos ficarão. Os que estão com chave, são os disponíveis. -sorriu-

Eu: Ok -disse vendo qual armário iria escolher- Hmm, vou querer esse.

Escolhi um, o abri, era tão enorme, que eu cabia lá dentro. O homem colocou minhas malas dentro dele, e foi embora. Fechei meu armário, e fui para o pátio me sentar. Coloquei meus fones de ouvido e fiquei ouvindo Problem - Becky G, e vendo as pessoas andando pelo enorme pátio, era muita, mais muita gente. Passou várias patricinhas rebolando que me olharam com deboche, logo em seguida passaram meninos com uniformes de basquete, pode-se dizer que eles eram gostosos, depois passou um garoto com umas 2 meninas, uma de cada lado, e ele com o braço no pescoço das duas, ele beijou uma, e apertou a bunda da outra. Ele parou de beijar a menina, me olhou e piscou pra mim, puff, fingi que nem tinha visto. Eu héim. Vi uma menina vindo na minha direção, e sentou-se do meu lado.

XxX: Oi -sorriu simpática-

Eu: Oi -retribuio sorriso, tirando meus fones, e desligando a música-

XxX: Você é nova aqui?

Eu: Sim -sorri-

XxX: Bem vinda ao Sherbrooke! Como é o seu nome?

Eu: Obrigada -sorri- Sn Seu Sobrenome, e o seu?

XxX: Caitlin Beadles, prazer -me abraçou-


Sinal toca**


Cait: Temos que ir para a sala de aula, vem comigo -disse me puxando, para levantar-





[...]
Continua?


Já tenho 9 seguidores.. E só algumas pessoas comentam.. Poxa gente, não custa nada comentar né? :c Desse jeito eu fico triste, vamos lá, comentem, eu sei que o primeiro.. segundo.. e terceiro capítulo não são muito bons, mas, para continuar a ibh, e para ela ir ficando melhor.. vocês tem que comentar, eu nunca vou abandonar o blog por causa de gente que não comenta.. só vou ficar triste, porque eu sei que tem gente que lê mas não comenta.

Beijos

segunda-feira, 8 de abril de 2013

Love Me - Parte 1






Você P.O.V's

Eu: Mais mãããe! A Sophia tem que ir! -disse choramingando-

Mãe: Sn eu já disse milhares de vezes que ela está com problema de condições financeiras.

Eu: Você paga a passagem pra ela e depois a mãe dela te paga, simples assim! -falei como se fosse óbvio

Mãe: SN! EU JÁ DISSE QUE ELA NÃO VAI! VOCÊS PODEM SE FALAR PELA INTERNET, CELULAR! -disse com o tom de voz alto

Eu: Tá, tá -subi correndo pelas escadas

Entrei no meu quarto, fechei a porta, e sentei na cama. "O que seria de mim, sem a minha melhor amiga? Vou morrer :c E se ninguém gostar de mim lá? Aaah meu Deus", meus pensamentos foram interrompidos pela porta se abrindo.

Eu: O que é pai?

Pai: Filha, eu estava ouvindo você discutir com a sua mãe, e...

Eu: Pai, eu já entendi, que a Sophia não pode ir, não precisa ficar falando

Pai: Filha, eu quero que você entenda, que nós não estamos te obrigando a ir para o Canadá, só queríamos que você tivesse uma oportunidade de estudar em outro país, porque desde pequena, você falava que queria ir para outro país. E quando te damos oportunidades, você fica nervosa, por um motivo.

Eu: -Fiquei em silêncio por alguns minutos-.. Desculpa pai, eu entendo  que vocês querem me ver feliz, é que eu só queria que minha melhor amiga fosse. -Fiz uma cara triste-

Pai: Talvez ela vá pra lá no meio do ano, se os pais dela estiverem com condições.

Eu: Espero -Sorri-

Pai: Bom são 8:30 seu vôo é as 10:30, tem que terminar de arrumar a sua mala.

Eu: Pois é, me ajuda?

Pai: Claro! -Sorriu-

Jogamos roupas, para o alto, depois colocamos na mala, os all stars pegamos pelo cadarço, e saímos correndo pela casa, até a minha mãe entrou na brincadeira.. Por fim, terminamos de arrumar a mala.

Mãe: Ufa -Secou o suor da testa com a blusa-

Eu: -Ri- Nos divertimos! 

Pai: Filha, acho melhor você ir tomar um banho, já são 9:45

Eu: Estou indo.

Eles sairam do meu quarto, e fui direto para o banho. Sai, me enrolei na toalha, e coloquei uma roupa que me agradava. Meu estilo era esse, na verdade, usava só moletons, daqueles que vão até o meio da coxa, resumidamente, usava os que não mostravam minha bunda, do jeito que esses meninos de hoje em dia são.. Então só usava esses moletons mesmo. Passei lápis e rímel, e desci com algumas malas mais leves.

Eu: Pai, você pode pegar o resto das malas lá em cima fazendo favor?

Pai: Sim -Subiu-

Mãe: Filha, você vai com esse moletom até para o Canadá?

Eu: Mãe.. Você sabe o por quê! Sempre soube

Mãe: Ah meu Deus.. Mais você está levando shorts, e blusas que NÃO tampem sua bunda né?

Eu: Short não, mais blusa que não tampe sim, mas sempre coloco o moletom por cima mesmo -sorri-

Mãe: Coitadinha da minha filha '-'

Pai: Vamos? -Com as malas na mão-

Eu&Mãe: Vamos!!!

Entramos no carro, e enquanto não chegávamos no aeroporto, liguei para a Sophia. Disse que eu já estava indo até o aeroporto, ela disse que ia pra lá para se despedir de mim. 

Chegamos ao nosso destino, e ficamos sentados nos bancos do aeroporto, a espera da Sophia.

Eu: Ela está demorando demais, mãe.. -Disse impaciente balançando a perna-

Mãe: Calma, ela deve estar chegando

Pai: Serve aquela? -apontou para uma menina que vinha correndo na minha direção-

Meus olhos brilharam ao ver ela vindo na minha direção. Só de pensar, que eu teria que partir, e deixar ela em outro "mundo" eu ficava triste. Senti alguém me abraçar forte.

Sophia: Amiga -ainda abraçada-

Eu: So.. -disse aborrecida-

Sophia: -parou de me abraçar e olhou nos meus olhos- Não fica triste amiga, você sabe que eu nunca vou me esquecer de você, pensa só, você está indo para o Canadá, vai conhecer outro país, novas pessoas, fazer novas amizades.. Maaas, nenhuma vai substituir a nossa héim?

Eu: Nunca -sorri- eu te amo So -abracei ela-

Vôo número ***, com destino ao Canadá, primeira chamada, vôo número *** com destino ao Canadá.

Sophia: É, acho que é a hora de você partir -me olhou com os olhos cheio de água-

Eu: Ah, não me olha assim -escorreu uma lágrima-

Sophia: Olha pra mim, você vai conseguir ficar sem eu, a gente pode ser falar pelo celular, e várias redes sociais -sorriu-

Eu: Tá, e se um dia eu entrar na internet e você não estiver online, eu juro que eu volto pro cá e te bato -ri-

Última chamada, vôo número ***, com destino ao Canadá, irá partir, última chamada, vôo número *** com destino ao Canadá irá partir.





[...]
3 Comentários?

Oi princesas c: Bom esse foi o primeiro capítulo da IBH Love Me, sempre é chato o primeiro, mas espero que vocês gostem, e comentam bastante, ah, e sigam o blog também :3 hehe, mudei o jeito de escrever quando é você OU outras pessoas narrando, coloco agora P.O.V's que é tipo que narrando, só que em inglês, puff sei lá.. mais é tipo isso c: Calma, não para de ler ainda... Bom, essa IBH, eu estava fazendo ela, lá no blog da minha prima Sonhos com One Direction, mas decidi retirá-la de lá, e colocar aqui, pois não queria fazer 2 IB's ao mesmo tempo, e nem abandonar esse blog, para escrever lá, então.. decidi escrevê-la aqui para vocês :33 

AAAAH, e como eu postava lá, eu mudei algumas coisas no capítulo ^^ 


Beijos


domingo, 7 de abril de 2013

Love at First Sight - Parte 40

Tranquei a porta, entrei no banheiro, tomei meu banho, demorei um pouco, pois queria relaxar, me livrar desses pensamentos pesados.

Sai enrolada na toalha, me vesti, prendi meu cabelo, fazendo um rabo de cavalo, desci até a sala, e só vi Pattie brincando com Dylan, ele ria demais, o sorriso dele.. haa.. me lembrava o Justin, tudo nele me lembrava o Justin.

Eu: Ué cade o pessoal?? 


Pattie: Eles estavam cansados de te esperar, rs, e foram embora, mas te mandaram um beijo -sorriu-


Eu: O John foi também? 


Pattie: Sim


Dylan: Mamãããe -falou com vozinha de bebê, levantando os braçinhos para eu pegar ele-


Eu: Meu amor!! -sorri e peguei ele, dei um beijo em sua bochecha- Quer ir na pracinha brincar lá no parque?? 


Dylan: Telooo!! -sorriu- 


Eu: Você vem junto Pattie? 


Pattie: Ah Sn, acho que vou ficar por aqui mesmo, vou descansar enquanto o John não está -sorriu-


Eu: Ok, tudo bem -sorri- Vamos bebê?


Dylan: Vlamos -sorriu-


Peguei na mãozinha dele, e fomos caminhando pelas ruas um pouco desertas.


Eu: Ei, pequeno, você vai querer sorvete?? 


Dylan: Xim -balançou a cabeça positivamente-


Sorri, e chegamos na praça, havia várias e várias crianças, com seus pais, avós..

Dylan: Mamãe, eu queria que o meu papai tivesse aqui com a gente -fez uma carinha triste-


Eu: Eu também meu amor.. Eu também -abaixei a cabeça-


Dylan: Não fica tliste mamãe, ele tlá lá em cima vendo a gente 


Eu: Awn, -sorri- eu te amo Dy -beijei a bochecha dele- Vem, vamos lá no escorregador


Escorreguei ele inúmeras vezes no escorregados, empurrei ele no balanço, fui na gangorra com ele, entre outro brinquedos. [..]

Eu: Cansou Dy?


Dylan: Xim, vamos complar sorvete? 


Eu: Vamos


Comprei um sorvete de pote pra ele, e uma casquinha pra mim, fomos chupando o sorvete até chegar em casa. [..]


Abri a porta e Pattie estava no sofá, vendo TV, ela se virou.


Pattie: Já voltaram?? E.. Dylan que boca é essa? -riu-


Dylan: Eu chuplei sorvete vovó -riu-


Eu: -ri- Vem Dy, vamos lá tomar banho pra ficar bem cheiroso -peguei ele e subi correndo as escadas-]


Dei banho nele, coloquei uma bermuda, uma camisa, e uma meia. E sentei ele na cama.


Eu: Fica ai vendo TV ou brincando que a mamãe vai tomar banho tá bom??


Dylan: Tlá, ah mamãe, depois você deixa eu vler as fotlos do papai com você? 


Eu: Deixo -falei com uma voz triste e sai-


Fui tomar banho, fiquei relembrando novamente de como foi boa minha vida com o Justin, ele foi e é tudo pra mim, escorreu uma lágrima em meio aos meus pensamentos, não conseguia controlar quando pensava nele. [..] Saí enrolada na toalha, peguei uma roupa e coloquei-a, abri o guarda-roupa, e peguei uma caixa onde nela, estava todas as fotos minhas e do Justin guardadas. Fui até o quarto do Dy, abri a porta e ele estava vidrado na TV.


Eu: Eei amor, a mamãe chegou.

Dylan: Ebaaa, tlouxe as fotos mamãe?

Eu: Sim, está aqui na caixa amor -sorri-

Dylan: Vlem cá na cama

Me sentei, abri a caixa e espalhei as fotos na cama, que aperto no coração que me deu ao ver todos nossos momentos juntos, éramos tão felizes. [..]

Mostrei diversas fotos à ele ( 1, 2, 3, 4)

Eu: Olha aqui Dy, sou eu e o papai, aqui a mamãe estava grávida de você -sorri-

Dylan: -sorriu- Eu tava ai dentlo? 

Eu: Sim, pequeno -acariciei o rosto dele-

Dylan: Mamãe o papai era assim? -apontou pra foto-

Eu: Sim, lindo né? Que nem a você -sorri fraco-

Dylan: Eu quelia muito meu papai aqui pra poder brincar de futebol comigo

Eu: -escorreu uma lágrima- Ele falava isso, que quando você ficasse maior, ele iria te ensinar a jogar futebol, mas não deu tempo -lágrimas deslizaram pelo me rosto-

Dylan: Eu te amo -me abraçou-

Eu: -sorri de lado e coloquei ele no meu colo- Daqui pra frente, vai ser só nós, pra sempre. -beijei a bochecha dele- Eu sempre vou te amar.


(imaginem você e o Dylan)


The end...



Oooi, gente, espero que tenham gostado do final c: ah, e se aqui tiver 3 comentários, eu posto o primeiro capítulo do próximo IB!!! Que vai ser hot também, hehe e o Justin não vai morrer kkk, vai se chamar "Love Me". 
Beijos


terça-feira, 2 de abril de 2013

Love at First Sight - Parte 39

Ela chamou o John, saímos do hospital, olhei para trás, li o nome do hospital, para que aquele nome ficasse gravado pra sempre, que foi lá, onde meu mundo desabou.

[..] Já em casa, subi para meu quarto e do Justin :c só de pensar nele, meus olhos lacrimejavam. Respirei fundo, podendo sentir o cheiro do perfume dele, e uma lágrima escorreu de meus olhos. O que seria de mim e do meu filho sem ele? Me deitei na cama, tentando esquecer de tudo, o que foi em vão. Me virei para o lado com dificuldade por causa da barriga, e adormeci.




-1 ano depois-

Dylan já estava com 1 ano. Ele era lindo que nem ao Justin, que me fazia falta até hoje, e sempre me fará. Pattie já tinha informado o pessoal sobre o acontecimento, não aguentava nem pensar sobre isso. Eles vieram para o Canadá, sim, eles estavam em LA, estavam aqui na casa da Pattie. Estávamos nesse momento no jardim, sentados na grama.

Sa: Awwn amiga, ele é muito lindo meu Deus, que vontade de mordê-lo -riu-

Eu: -ri- E vocês amigas -disse se referindo a Jas, Cait e Sa- quando vem os bebês?

Chaz: A Cait não quer agora -fez biquinho-

Cait: Own, -beijou o biquinho dele- calma amor, acho muito cedo ainda.

Eu: Tá certa Cait, precisa aproveitar a vida né -ri- não que seja ruim ter um bebê, que nem essa gostosura da mãe -beijei a bochecha do Dylan- é que dá trabalho rs.

Jas: Eu e o Ryan estamos tentando -riu-

Chris: Eeeeei Ryan safado -riu-

Ryan: Cala a boca troxa -riu-

Sa: Ah, sei lá, por mim, se não vier beleza, se vier ótimo -sorriu e deu um selinho no Chris-

Eu: Ah, gente, vocês todos no love, e eu sem meu rei -abaixei a cabeça-

Chaz: Levanta a cabeça rainha, se não a coroa cai -levantou minha cabeça-

Eu: -sorri fraco- Own, eu amo vocês 

Todos - Eu&Dylan: a gente também te ama Sn

[..] Os meninos foram para a sala jogar videogame Dylan ficou lá com eles, e eu e as meninas subimos pro meu quarto.

Sa: Ain amiga, ainda tem o cheiro dele aqui. 

Eu: Eu sei -fiz uma cara triste- gente, vocês não sabem o quanto ele faz falta pra mim -olhei pra cima para as lágrimas não caírem- 

Jas: Eei, amiga, não chora tá legal? A gente sabe que ele está te vendo

Eu: Eu sei, ele me disse antes de partir. Ele disse que sempre estará lá em cima, nos protegendo -sorri de lado, limpando minhas lágrimas-

Cait: Você vai seguir em frente amiga??

Eu: Como assim? 

Cait: Ficar com outro..

Eu: Nunca! Que seja só eu e o Dylan, mais nunca ficarei com outro. Como o Justin disse "que nem a morte nos separe".

Cait: Awn amiga -me abraçou- A gente sempre vai te apoiar tá?

Eu: Tá, espero, porque ai vocês se casam, arrumam filhos, e esquecem de mim -fiz biquinho-

Elas: Nunca vamos esquecer de você, amiga.

Eu: -sorri- 

Sa: Vem, vamos descer!

Eu: Podem ir, depois eu vou -sorri de canto-

Elas: Tá bom, te esperaremos lá. -saíram-

Deitei na cama e fiquei fitando o teto.

-Flash back ON-

"(..) Você deve estar se perguntando qual sentimento? simples, amor, quando eu te vi, foi simplesmente um Love at First Sight (Amor à Primeira Vista). Você aceita se casar comigo? -ele tirou uma caixinha vermelha de dentro do bolso-
Eu : Claro que eu aceito amor, -chorando- eu te amo"

-Flash back OFF-

Vários momentos com o Justin passavam pela minha cabeça, quando eu estava grávida, mas estava com raiva dele e não queria contar, entre outros. Peguei o travesseiro dele e o abracei, sentia seu cheiro, parecia que eu estava o abraçando, afundei meu rosto no travesseiro, chorei muito, até sentir meus olhos pesarem.

XxX: Eei, amor.. -alguma voz me chamava- Psiu -abri meu olhos, me virei pra trás e vi o JUSTIN!-

Eu: JUSTIN!!! Amor, estava sentindo sua falta -falei enquanto o abraçava forte- Eu te amo te amo te amo te amo, muito! -o beijei- 

Um beijo demorado, carinhoso. Paramos com selinho.

Justin: -sorriu, e que sorriso mais perfeito- Eu te amo, mas agora eu tenho que ir.

Eu: Não Justin, não vai, não me deixa, por favor... -falava, enquanto ele se distanciava- JUSTEEEEEN

Justin: -ele se virou- Eu vou estar sempre cuidando de vocês, cabeça erguida e bora pra frente, não desista de nada, por causa de mim. -sorriu e se foi-

Eu: Justin.. -falei baixo- TOC TOC TOC.. 
Acordei assustada, olhei ao meu redor, até minha ficha cair, aquilo não passou de um sonho. [GIF] Me levantei para ver quem era na porta. Abri.

Eu: Ah, oi Pattie 

Pattie: Oi querida, o pessoal está te chamando pra descer, eles disseram que logo você iria descer, mais já passou 2 hrs, ai fiquei preocupada e vim te ver.

Eu: Nossa! É que eu acabei dormindo e nem vi as horas passar, vou tomar banho e já desço -sorri- 

Pattie: Ok, estamos te esperando lá. -desceu-

Tranquei a porta, entrei no banheiro, tomei meu banho, demorei um pouco, pois queria relaxar, me livrar desses pensamentos pesados.

[..]
3 Comentários?






segunda-feira, 1 de abril de 2013

Love at First Sight - Parte 38

"Deitei na cama, e fiquei fitando o teto, pensando em como contaria para ela sobre o tumor."

Já estava decidido, teria que contar de qualquer jeito a ela, mas só quando estivermos no hospital, caso acontecesse alguma coisa com ela, já estaríamos lá mesmo. [..] Ela saiu do banheiro já com uma roupa de sair, ela estava perfeita, olhei para a barriga dela,e sorri. 

Eu: Vem cá -chamei ela para sentar na cama, ao meu lado-

Sn: Diga amor -sorriu- 

Eu: Como está meu garotão?? 

Sn: Ótimo -sorriu-

Eu: -beijei a barriga dela- Vamos??

Sn: Sim, aonde?

Eu: Não posso te falar agora. Vem -ajudei ela a se levantar e descemos as escadas-

Minha mãe e John já estavam na sala prontos, fomos para o carro, John foi dirigindo, fui atrás com a Sn, ela colocou a cabeça em meu ombro, e fomos o caminho inteiro em silêncio. Quando estávamos nos aproximando do Hospital..

Sn: Justin, hospital?? Por que estamos aqui?

Eu: Shh, calma tá? Você não pode se estressar. 

John estacionou o carro, saímos, e entramos no hospital. Falei com a recepcionista, logo o médico que havia me dado a informação do tumor me encaminhou até a sala, onde eu iria partir. Sn veio atrás e Pattie e John mais distante. Entrei na sala, e Sn entrou com um olhar assustado.

Sn: JUSTIN, o que estamos fazendo aqui??? -perguntou desesperada-

[Coloca - Girl On Fire, repita essa música até o fim do capítulo]

Eu: Sn, olha pra mim -ela olhou- Eu preciso te contar uma coisa.. Mais fica calma tá? -ela assentiu- A partir de hoje, você vai ter que aprender a viver sem mim

Sn: O que?? -me olhou espantada-

Eu: Sn, eu tenho um tumor no cérebro, só tinha 4 semanas de vida e essas já esgotaram, então hoje é o meu dia, o dia de partir, e nunca mais voltar. -olhei para ela com lágrimas nos olhos-

Justin OFF

Você ON

Quando ele me falou aquilo, meu mundo desabou, lágrimas rolaram pelo meu rosto descontroladamente.

Eu: C..o..como assim Justin?? Você vai morrer??

Justin: Sim, mais eu só quero que você siga em frente.

Eu: COMO EU VOU SEGUIR EM FRENTE SEM UM PEDAÇO DE MIM?? -chorava-

Justin: Para, não se estresse, não tem jeito Sn, eu te amo e muito -pegou uma caixinha do bolso- Olha pra mim 

Dr: Sr. Bieber, já deu o tempo. Deite-se.

Ele se deitou, e me olhou.

Justin: -abriu a caixinha e pegou as nossas alianças- No amor e na dor.

Eu: Na alegria e na tristeza -falei chorando-

Justin: Que nem a morte nos separe -sorriu fraco e colocou o anel no meu dedo, e eu no dele-

Eu: Eu te amo

Justin: Eu te amo mais. 

Me abaixei e dei um beijo nele, como se nunca o tivesse beijado, paramos com selinhos. 

Dr.: Sr.Bieber.. -num tom áspero-

Eu: NÃO FAZ ISSO COM ELE, POR FAVOR DOUTOR. -gritava desesperadamente-

Dr.: Não há outra possibilidade. -pegou uma seringa-

Provavelmente seria para ele morrer mais rápido sem sofrimento. ele preparou a seringa, eu segurava forte na mão do Justin. 

Eu: Amor.. Eu te amo.

Justin: -sorriu fraco- Cuida dele pra mim -disse se referindo a minha barriga- Eu vou estar protegendo vocês lá de cima, sempre, -o doutor aplicou a seringa nele, e ele fez uma cara de dor- Nunca se esqueça de mim, e obrigado por tudo que você fez por mim, obrigado por me fazer feliz. 

Ele já estava com os olhos quase fechados.

Eu: Justin.. -disse com a voz fraca de tanto chorar- não me deixa, por favor, eu te amo -beijei ele-

Justin: Te amo -me olhou, e olhou para a janela de vidro que atrás dela, estava Pattie e John, ele sorriu fraco e fechou os olhos por completo-

Eu: NÃÃÃO, JUSTIN -eu sacudia ele, ele estava mole- JUSTIN, POR FAVOR 

Eu me apoiei na cama e fiquei de joelhos chorando, eu chorava muito, não dava pra acreditar que o MEU MUNDO se foi. 

Dr.: Srta. Sn, é melhor se retirar.

Eu: EU NÃO VOU, EU VOU IR JUNTO COM ELE. -eu gritava para o Dr.- JUSTIIIIIIIIIIN. -chorava-

Pattie e John entraram na sala, Pattie também chorava, ela me levantou, me abraçou de lado, eu coloquei a mão no rosto e chorava em silêncio

Pattie: Nós vamos superar.

Eu: Eu não sei se vou conseguir Pattie. 

Pattie: Vai sim, você tem que tentar Sn, eu sei o quanto é difícil.

Eu: Pattie.. -olhei pra ela chorando- Eu preciso dele

Pattie: Calma, calma, vem, vamos beber água -ela enxugou as lágrimas-

Bebi um pouco de água, eu chorava e soluçava, eu me sentei nas cadeiras e Pattie sentou ao meu lado. Olhei pra ela. 

Eu: Pattie.. Isso não pode ser verdade -escorreram lágrimas-

Pattie: Sn, -chorava também- com o tempo isso vai cicatrizar.

Eu: Mais essa é uma dor mais que profunda, ele sempre vai me fazer falta, sempre!

Pattie: Acho melhor irmos pra casa. 

Ela chamou o John, saímos do hospital, olhei para trás, li o nome do hospital, para que aquele nome ficasse gravado pra sempre, que foi lá, onde meu mundo desabou.

[..]
3 Comentários?


Geeente, eu chorei muuito escrevendo esse capítulo :c A IB está no finalzinho, ainda tem alguns capítulos pela frente. Beijos. Ah e leiam também, a minha IBH que eu estou fazendo no blog da minha prima Sonhos com One Direction, lá ela escreve do One Direction e eu do Justin, a minha se chama Love Me, tem lá a janela da IBH, é só clicarem e vai estar os capítulos c: Comentem lá também.